Bulgarin Crime Syndicate é um sindicato do crime da máfia russa apresentado em Grand Theft Auto IV e The Ballad of Gay Tony. É liderada por Ray Bulgarin, figura de destaque no crime organizado global e afiliada ao Rascalov Mafiya.

Descrição

A gangue parece se fundir com a gangue de Rascalov, já que os dois são velhos amigos e parceiros leais. Bulgarin também tem uma grande quantidade de seus capangas, que podem ser vistos em missões como "In The Crosshairs" e "Party's Over". Muito dificilmente são vistos nas ruas, porque eles trabalham como um tipo de guarda-costas e assassinos e não estão envolvidos em atividades criminosas de rua.A gangue em si tem seu território fora de Liberty City. Eles vestem jaquetas e casacos de couro preto. Um dos modelos possíveis para eles tem semelhança com o protagonista do "GTA III", Claude.

O tráfico humano serve como principal fonte de renda para a gangue. Ray Bulgarin foi acusado em 1989 em Liberty City e parece ganhar controle sobre tais operações na Europa. A renda da gangue é grande o suficiente para que Ray seja milionário e compre pinturas de US $ 2.000.000. Apesar de ter muitos assassinos bem armados, Bulgarin gosta de investir dinheiro em potencial e contratar matadores de aluguel, como Luis Fernando Lopez.

Ray Bulgarin provavelmente é conhecido no crime internacional, porque Niko Bellic se refere a ele como um homem, que tem muitas conexões na Europa, e seu comportamento em Liberty City parece ser confiante e insolente. Ray é poderoso o bastante para fazer com que líderes de gangues influentes como Dimitri Rascalov e Giovanni Ancelotti traíssem seus funcionários para manter bons termos com ele.

Navegação

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.